domingo, 30 de dezembro de 2012

Feliz Ano Novo

Hoje não deixo receitas, nem petiscos. Escrevo palavras, que são pensamentos enredados de desejos para todos os que visitam este  blogue...


 
"Paz, amor, luz, criança, fé, família, esperança, ânimo, sonho, oração, fraternidade, união, justiça, compaixão, amizade, segurança, saúde, alegria, afeto, sorriso, bondade, perdão, irmão, evolução, liberdade, humanidade, lealdade, honra, dignidade, respeito, criatividade, atitude, perseverança, coragem, conquista, sucesso e tranquilidade,"
 
 

 
O desejo de um 
"Feliz Ano de 2013"


 
Até para o ano e um
Beijinho "Delicodoce"

sábado, 22 de dezembro de 2012

 

Santo e Feliz Natal ...


Por aqui passo, desejando a todos os que visitam este blogue o desejo de um Santo e Feliz Natal. Que este seja de Paz, Saúde, Felicidade e Alegria na essência de todas as Famílias.





Dentro do espírito da partilha, aqui fica uma receita de simples bolachinhas de manteiga, que são uma ótima e económica lembrança, para fazer e oferecer com dedicação neste Natal de 2012.
 
 
Delicodoce
  

Delicodoce


Ingredientes:
(50 bolachas)
  • 275 g de açúcar
  • 225 g de manteiga amolecida
  • 1 ovo
  • 2 C de chá de essência de baunilha
  • 1/2 C de chá de sal
  • 400 g de farinha C/fermento

Pré-aquecer o forno a 200 º.
Misturar a manteiga amolecida com o açúcar e bater bem. A seguir juntar o ovo e continuar a bater. Juntar a baunilha e o sal e por fim ir juntando a farinha aos poucos até estar bem incorporada. Depois fazer duas bolas com a amassa e colocar numa superfície enfarinhada. Tender a massa com a espessura de cerca de 1/2 cm e com um corta bolachas previamente enfarinhado cortar bolachinhas. Colocar em tabuleiro (sem ser untado) e levar ao forno por cerca de 5 a 6 minutos. Retirar assim que as bolachnhas comecem a alourar, para não ficarem muito rijas. Deixar arrefercer e posteriormente fazer glacé e decorar  a gosto.



Delicodoce


Delicodoce







 
"FELIZ NATAL"
  
 

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Pai Natal de Brioche


HOHOHO!!!


Há dias a minha Filha descobriu na Net uma foto de um original Pai Natal feito em Pão. Achou que era a minha cara :) e eu adorei. Hoje ao chegar a casa não resisti em fazê-lo em massa de brioche, para presentear os Sobrinhos da minha vizinha C.

Os bons momentos da vida são estes, em que se evidenciam as trocas de dedicação, afeto e carinho. Nunca me vou esquecer do momento da entrega do Pai Natal envolto em papel de prata numa noite de chuva. Os olhos da C brilharam, o rosto encheu-se de alegria e a ternura envolveu-nos num bonito abraço de amizade.
 
 
Delicodoce
 
 
Para confecionar o Pai Natal coloquei na máquina de fazer pão (de acordo com as instruções) uma embalagem de massa de brioche (Branca de Neve) no programa de amassar e levedar. Depois com a ajuda de farinha moldei o boneco de acordo com a fotografia (retirada da Internet - Origem desconhecida). Pincelei com gema de ovo natural e com gema de ovo com uma gota de corante vermelho de forma a dar cor às faces, barbas e barrete. Por fim levei ao forno pré-aquecido a 160º durante cerca de 15 m. Retirei e pincelei com um pouco de mel intensificando o brilho.
 
 
( Fotografia retirada da Internet - Autor desconhecido)
 
 
Com um bocadinho de paciência fazem-se as delícias das crianças e dos adultos. :)
 
 
Delicodoce
 
Delicodoce
 
 
Bom fim de semana. 

 

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Regueifa de Nozes


O tempo foge-me pelo meio dos dias. Quero realizar tantas atividades e todas tão diversas,  que por vezes riu-me de mim própria. Pergunto-me se um dia, que esteja mais liberta em termos profissionais, se a energia e a motivação serão as mesmas … Fica uma pergunta sem resposta de entre outras tantas, que me pairam na mente.

No meio desta roda-viva e turbilhão de pensamentos, aqui deixo a receita de uma regueifa de nozes com um sabor bem caseiro, que me perfumou a casa e me aqueceu a alma, neste final de Outono de 2012.
 


Ingredientes: 
  • 350 g de farinha
  • 100 g de açúcar
  • 100 g de manteiga (derretida)
  • 3 ovos
  • 25 g de fermento de padeiro
  • 50 ml de leite (morno)
  • raspa e sumo de 1/2 limão
  • pitada de canela
  • pitada de sal
  • 1/2 cálice de vinho do porto

Recheio:
  • nozes q. b.
  • canela q. b.
  • açúcar amarelo q. b.
   
Desfazer o fermento de padeiro no leite morno. Colocar todos os ingredientes pela ordem da lista na máquina de fazer pão. Ligar no programa de amassar e levedar. No final retirar a massa e com ajuda de farinha tender um retângulo. Polvilhar com açúcar amarelo, canela e nozes. Enrolar a massa e dar a forma de uma regueifa. Pôr num tabuleiro polvilhado com farinha, tapar com um pano e deixar levedar por mais 30 m. Levar ao forno pré-aquecido a 160 º C durante aproximadamente 25 m. Retirar e polvilhar com açúcar em pó.

Caso queira fazer a massa de forma manual, o processo é todo igual, tendo que misturar os ingredientes e amassar bem a massa, deixando depois levedar cerca de 1 hora em local morno, antes de a tender.


  
Delicodoce
Delicodoce

 
A acompanhar uma bebida quente fica tão bem :)




terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Bolo de Frutas Cristalizadas

É Dezembro e com ele será Natal...





Chega o Dezembro sorrateiro com pés de lã, para não assustar, recordando que mais um ano está preste a findar. Cobrem-se as lojas de luz e cor, brilham as ruas dos enfeites prováveis. Enchem-se as grandes superfícies de abundâncias. Cruzam-se caras apressadas envoltas na azáfama da importância. Soltam-se frases feitas e gastas para animar, fazem-se embrulhos para desmanchar. Elaboram-se pensamentos de ilusão, pedidos de esperança e sonhos de imaginação num amanhã em construção na rota da indecisão. Apiedam-se os homens pelos que passam mal, ampliam-se as notícias dos Mídea, enlevam-se as atitudes, silenciam-se os queixumes e louvam-se Graças. Combinam-se jantares de Natal, discutem-se decisões conhecidas, ajustam-se tarefas confinadas, desarrumam-se os enfeites guardados, fazem-se receitas experimentadas e corre-se pelos ponteiros acelerados do tempo.

Pelo meio de todo o bulício, o velho planeta gira no seu sentido, restando a única certeza, seja num lar repleto de nada ou pejado de tudo… é Dezembro por todo o mundo e com ele será mais um Natal no futuro.

E porque será Natal, aqui fica uma receita de um simples e agradável bolo, que poderá adornar a mesa nesta quadra festiva.


Delicodoce
 
Ingredientes:


  • 120g de manteiga
  • 130g de açúcar
  • 3 ovos
  • ½ cálice de vinho do porto
  • Raspa e sumo de 1 laranja
  • 200 g de farinha
  • 150g de frutas cristalizadas
  • 50g de corintos
  • Manteiga e farinha para polvilhar

Ligar o forno a 180º C. Forrar uma forma retangular com manteiga e farinha. A seguir começar por bater a manteiga derretida com o açúcar. Juntar os ovos um a um e bater. Depois juntar o sumo e a raspa de laranja, o vinho do Porto e por fim a farinha. Bater bem até a massa fazer bolhas. Passar as frutas por farinha e juntar à massa. Colocar na forma e levar ao forno durante cerca de 40 a 50 minutos em forno médio. Verificar com um palito, retirar e deixar arrefecer. Decorar a gosto.


Delicodoce


Delicodoce


Delicodoce


Delicodoce





domingo, 2 de dezembro de 2012

Pãezinhos de leite condensado e abóbora

 
Com o frio que está, só apetece ligar o forno e fazer pão, para o saborear ainda a fumegar e sentir o seu aroma tão característico e reconfortante. Foi o caso depois da minha caminha de fim-de- semana dos 10 km. :)
 
Depois da ideia na mente não foi difícil conseguir inspiração, pois ela surgiu através do ótimo blogue Kanela y Limón, que conheci esta semana. Os pãezinhos não ficaram tão bonitos como os do original blogue, mas a massa ficou ótima e claro, que estes são os primeiros de muitos, que irão surgir aqui por casa numa versão mais aperfeiçoada, pois fizeram enorme sucesso.
 
 
Delicodoce
 
 
Ingredientes:
• 200g de leite condensado
• 40g de manteiga amolecida
• 60 ml de leite para dissolver 25g de fermento padeiro fresco.
• 250g de abóbora em puré (cozida, escorrida e passada)
• Uma colher de chá de sal
• 550g de Farinha T65
 
 

Preparação:
Na Máquina de Fazer Pão
Colocar os ingredientes pela ordem da lista no recipiente da máquina de fazer pão. Selecionar o programa de amassar e levedar. Quando a massa estiver pronta retirar e colocar numa tigela grande untada com óleo. Cobrir com um pano húmido e deixar durante a noite no frigorífico. No dia seguinte, retirar a massa e pôr num sítio à temperatura ambiente, para que cresça de volume.
Dividir a massa e moldar pães com cerca de 40g cada, nos formatos que desejar. Deixar levedar cerca de 30 m no forno na temperatura mínima até que aumentem de volume. Retirar e pincelar com gema de ovo batido. Levar ao forno pré-aquecido a 180 º C até que estejam dourados. Retirar e deixar arrefecer.
 

Manualmente
Colocar em cima da zona de trabalho a farinha em forma de cone, fazer um buraco no centro e juntar o sal, o puré de abóbora e a manteiga e amassar juntando gradualmente os restantes ingredientes até estarem muito bem incorporados. Continuar a amassar até obter uma bola de massa macia, elástica e que não se agarre às mãos. Todo o restante processo é igual ao mencionado anteriormente.
 
 
Delicodoce
 
 
Delicodoce
 
 
A massa destes pãezinhos de abóbora fica idêntica á do pão de leite ou do croissant e ficam ótimos (ainda mornos) recheados com mel, doce de abóbora ou manteiga.
 
 
Bom doce início de semana. :)
 
 
 
 

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Pão com queijo, presunto e ovo


Cheguei a casa tarde e apetecia-me algo simples, mas diferente… Ora olhando para o formato do pão, que tinha, nada melhor que retirar-lhe o miolo e torna-lo bem guloso. Ora foi isso mesmo, que aconteceu. J
 
Para tal proceder do seguinte modo:

Ligar o forno a 200º. Abrir com cuidado uma tampinha no pão e retirar-lhe o miolo. Depois pincelar com um pouco de azeite e levar ao forno só para dar uma tostadela. A seguir retirar do forno e colocar no interior do pão uma fatia generosa de presunto, por cima cerca de meio queijo parmesão fresco, e temperar com um pouco de ervas aromáticas, sal e pimenta. Por fim abrir um ovo e colocar por cima do pão e levar ao forno até o ovo estar cozinhado.

Retirar do forno, temperar o ovo com um pouco de sal e pimenta e provar.

Delicodoce

 
Delicodoce

Tão bom….


 

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Penne com cogumelos e presunto

Hoje para o jantar fiz um prato de massa bem prático e agradável. Abri a porta do frigorífico e fui retirando o que por lá havia. Depois olhei para os frascos das massas e toca a arregaçar mangas e a fazer o jantar. Resultou em mais um pratinho prático e saboroso. Conclusão havendo massas faz-se sempre uma refeição rápida, variada e nutritiva.

Delicodoce


Ingredientes: (2 pessoas)
  • 250g de massa (penne)
  • 4 Fatias de presunto
  • 100 g de cogumelos
  • 1 dl de azeite
  • 1 Cebola média
  • 4 Dentes de alho
  • 1 Malagueta
  • 3 Tomates maduros
  • 1/2 Pimento vermelho
  • Sal q.b.
  • Pimenta branca q.b.
  • Salsa e manjericão

Picar a cebola  e os dentes de alho para um tacho, com o azeite e levar ao lume a refogar, até a cebola estar  translúcida. Depois juntar o presunto e os cogumelos e deixar refogar mais um pouco. A seguir adicionar o tomate aos cubos pequenos, o pimento às tiras muito fininhas, a malagueta aos bocadinhos e  as ervas aromáticas. Temperar com um pouco de sal e pimenta, provar o tempero, tapar e deixar estufar durante cerca de 15m. Entretanto, colocar a massa a cozer em água e sal durante cerca de 10 m.

Por fim escorrer a massa. Colocar no prato de servir e dispor por cima o estufado. Misturar bem e terminar com um pouco de ervas aromáticas picadas. Acompanhar com um bom vinho tinto se gostar.


Delicodoce

  

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Trança de Maçã


Este fim de semana fiz a minha estreia na confecção de pão recheado. O primeiro foi com um recheio salgado e o segundo com um recheio doce. Para começo não ficaram mal, mas a avaliação que faço, é que há que melhorar.

Uma das minhas verdades absolutas é que o caminho faz-se caminhando e que o ser humano é acima de tudo concebido para a aprendizagem. Ora assim sendo, tenho que praticar, pelo que já estou a adivinhar que muitos pães vão surgir, e muita farinha irá enfarinhar esta cozinha. :)

Apesar de não considerar o resultado em termos de imagem ótimo, o sabor ficou muito bom, pelo que aqui deixo a receita.


Delicodoce

Ingredientes:

Pão
  • 575 g de farinha  branca
  • 80 ml de leite (morno)
  • 4 ovos médios
  • 200 g de manteiga (em cubos)
  • 2 c de café de sal
  • 70 g de açúcar
  • 3,5 colheres de café de fermento de padeiro


Recheio
  • Canela q. b.
  • Açúcar q.b.
  • 2 Maçãs
  • 100 g de sultanas
  • 100 g de amêndoa

Começar por colocar todos os ingredientes na cuba da máquina de fazer pão e colocar no programa de amassar e levedar. Entretanto descascar as maçãs e cortar em tiras finas. Misturar num prato o açúcar com a canela e as sultanas e reservar.

Assim  que a massa esteja pronta, (batida e levedada) tender a massa sobre uma mesa com a ajuda de um rolo e farinha até obter um retângulo. Nos lados laterais cortar tiras em diagonal para depois moldar a trança. Rechear o centro da massa, primeiro com açúcar, canela e sultanas, a seguir com uma camada de tiras de maçã e depois terminar com o restante açúcar, canela e sultanas. Cruzar as tiras da massa de forma a formar uma trança e fechar bem nas pontas. Colocar num tabuleiro/forma, tapar com pelicula plástica e deixar levedar em local ameno mais cerca de 30 m. A seguir pincelar a trança com a gema de ovo batida com um pouco de água, enfeitar com amêndoa e levar a cozer no forno a 180º cerca de 30 a 35 m. Retirar deixar arrefecer e caso queira, pincelar com um pouco de mel.
Vai um fatia?


Delicodoce



Delicodoce


 Boa semana.

domingo, 18 de novembro de 2012

Quadrados para o lanche...

Canela + Café + Azeite = Quadrados Fofinhos


Sem grandes apresentações ou cortesias, aqui deixo uns quadradinhos muito adequados para os lanches desta Estação do ano. São ótimos para acompanhar chá, café ou chocolate.
 
Ingredientes:
  • 5 Ovos
  • 450 g de açúcar
  • 2 dl de azeite
  • 1,5 dl de café forte
  • 2 Colher de chá de canela
  • 400 g de farinha de trigo com fermento
  • Manteiga e farinha para untar/polvilhar o tabuleiro

Ligar o forno a 180º. Untar bem um tabuleiro de 25cmx30cm com manteiga e polvilhar com farinha.
 
Começar por bater as gemas com 400 g de açúcar. Depois juntar o azeite, o café morno, e a canela e misturar bem. A seguir juntar a farinha e bater bem. Depois bater as claras em castelo, adicionando no fim as 50 g de açúcar até as claras estarem muito bem seguras. Misturar muito cuidadosamente as claras ao preparado anterior.
 
Verter no tabuleiro e levar ao forno a cozer durante cerca de 30 a 40 m. Verificar, retirar o tabuleiro e virar sobre um papel vegetal com açúcar. Deixar arrefecer e cortar com uma faca bem afiada quadrados/rectângulos e barrar com um pouco de mais açúcar.
 
Esta receita rende bastante. Caso seja necessário há que fazer metade da receita.
 
 


Delicodoce




Delicodoce




Delicodoce

Tão bons...





 

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Creme de ervilhas com ovo escalfado

Ervilhas...

No Domingo à noite no programa "Ingrediente Secreto" vi o Chef Sá Pessoa fazer da ervilha a "Rainha da Noite". :) Todos os pratos eram ótimos (como sempre), porém fiquei maravilhada com a receita do creme de ervilhas com os ovos escalfados.

Ora assim sendo... Hoje para o jantar fiz a dita sopinha, que não ficou tão perfeita como a do Chef, mas garanto-vos que ficou com uma cor linda, um aspeto apetitoso e um sabor delicioso.

Delicodoce

Como fiz a receita de memória coloquei estes ingredientes:

Ingredientes: (para duas pessoas) 
  • 400 g de ervilhas congeladas
  • 1 Cebola média
  • 4 Dentes de alho (opção minha)
  • 1 Fio de azeite
  • Cerca de 0,5 l de caldo de carne
  • 2 Ovos 
  • 2 Fatias de presunto
  • Flor de Sal q.b.
  • Pimenta q.b.
  
Começar por picar a cebola e os alhos para um tacho, juntar o azeite e refogar durante cerca de 5 minutos. Depois juntar as ervilhas e mexer durante alguns segundos. Adicionar o caldo de legumes quente. Provar e caso seja necessário acrescentar uma pitada de sal . Deixar ferver durante cerca de 10 minutos. A seguir colocar tudo no liquidificador e passar até obter um creme bem aveludado.

Cortar as fatias de presunto em tiras finas. Segundo a receita seria salteado com azeite e uma chalota, mas eu não o fiz e deixe-o simples.

Por fim, escalfar os ovos retirar e temperar de sal e pimenta. Não fiz segundo a técnica do Chef, pois não tinha a certeza de todos os passos. Estes sairam bem, mas vale a pena seguir a técnica, pois é muito interessante e os ovos ficam com um formato muito original.

Por fim empratar, colocando no fundo de cada prato as tiras de presunto,  por cima o ovo e à volta o creme de ervilhas bem quentinho. Terminar com uma folha de hortelã (eu coloquei salsa) e um fio de azeite.

Delicodoce


Delicodoce

Resta dizer: Que boa sopinha....

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Polvo no Forno


Tenho a tendência de cozinhar o polvo, mais ou menos sempre da forma habitual. Porém, este fim de semana resolvi experimentar uma receita diferente e ficou muito agradável e apetitoso, pelo que aqui deixo o registo.

A receita é muito simples e é feita da seguinte forma:

Cozer o polvo temperado da forma já conhecida até estar bem tenrinho. À parte cozer batatas (2 a 3 batatas por pessoa) e reservar. Fazer um bom refogado com uma cebola grande, 4 dentes de alho, 3 tomates maduros, uma golpada de azeite, 1 folha de louro, 1 ramo de salsa, um pouco de pimentão doce e um copo de vinho branco. Deixar refogar e apurar.

Depois colocar o polvo e as batatas cortadas aos pedaços num recipiente refratário. Por cima dispor o refogado, regar com mais um pouco de azeite e levar ao forno cerca de 30m até apurar e gratinar. Retirar do forno e servir acompanhando com uma fresca salada ou legumes cozidos se preferir.




Bom apetite.

domingo, 11 de novembro de 2012

Bolo de Batata Doce

É doce e é Batata...

O relógio do tempo corre e a vida anda num frenesim, sobrando pouca oportunidade, para tudo o que gostamos. É o caso de cozinhar com calma e prazer.

Este fim-de-semana entre chuva e sol acabou por haver o tal "tempo", para procurar no meu velho dossier de folhas amarrotadas a receita deste bolo de batata-doce e amêndoa, que eu sabia que tinha, mas que o tempo e memória atraiçoavam.

Aqui fica o registo e a receita, garantindo-vos que o resultado é de um verdadeiro bolo conventual.

Delicodoce


Ingredientes:
  • 200 g de miolo de amêndoa
  • 250 g de batata-doce esmagada (500g em cru)
  • 250 g de açúcar
  • 125 g de manteiga
  • 9 Gemas
  • 4 Claras
  • Raspa de 1 limão

Ligar o forno a 180º. Forrar uma forma lisa com papel vegetal e untar muito bem com manteiga e polvilhar com farinha, a fim de desenformar o bolo sem partir.

Cozer as batatas-doces com pele, escorrer, limpar a pele e reduzir a puré. Depois triturar a amêndoa. A seguir bater a manteiga com açúcar até formar creme. Juntar as gemas uma a uma e continuar a bater. Misturar o puré da batata-doce, a amêndoa e a raspa de limão e continuar a bater. Por fim bater as claras em castelo e juntar ao preparado muito suavemente.

Deitar o preparado na forma e levar ao forno médio a cozer durante cerca de 50m. Retirar do forno, deixar arrefecer um pouco e desenformar cuidadosamente.


  
Delicodoce

Delicodoce


 Bom lanche :)

domingo, 28 de outubro de 2012

Maçãs Assadas

em individual...
 
 
Maçã assada é uma sobremesa comum, mas hoje aqui deixo a ideia de confecionar este fruto com vinho do porto e em tacinhas individuais, o que origina um sabor mais concentrado e também uma forma mais prática de servir.
 
 
Delicodoce
 
 
Ingredientes:
  • 1 Maçã (por pessoa)
  • Açúcar amarelo q.b.
  • Vinho do porto q.b.
  • Canela q.b.
  •  
Comece por lavar as maçãs. Depois cortar uma tampa em cada maçã e retirar o caroço com cuidado. Colocar uma maça por cada tacinha refratária, encher a cavidade de cada uma com um pouco de açúcar amarelo, canela e tapar. Regar com vinho do porto colocar mais um pouquinho de açúcar por cima e levar ao forno a 200 g cerca de 20m. Retirar do forno, deixar arrefecer e servir.
 
Tão bom!

Delicodoce

Tão prático!

Delicodoce
 
e original...

 

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Bolo de Dióspiros e Avelãs

Fui a casa dos meus amigos e colegas J e P. que me presentearam com um lindo tabuleiro de dióspiros acabados de apanhar. Tive pena de não ter ido munida de máquina fotográfica, pois a imagem dos diospireiros era um regalo para o olhar.


  
Delicodoce
Voltei para casa com os dióspiros como um troféu. São enormes, ornamentados por largas folhas verdes e cobertos por uma pele lisa, sensível e luzidia de um laranja a vermelho brilhante, que a qualquer momento tende a rebentar.  

Não resisti e de imediato, num manejo cuidado abri um dióspiro com uma colher. O interior era suculento e sedutor, e de colherada em colherada, saboreie num ápice este fruto com um sabor tão particular. Porém, não estava satisfeita e na minha vertente de inventar, fiz um bolo com dióspiros, juntando ainda umas belas avelãs alentejanas oferecidas pelo meu Querido J.
 
Delicodoce

Ingredientes:
  • 4 Ovos
  • 250 g de açúcar
  • 2 Colheres de manteiga
  • 300 g de farinha
  • Raspa de uma laranja
  • 3 Dióspiros esmagados
  • Avelãs q. b.

Começar por untar uma forma de buraco com manteiga e polvilhar com farinha. Ligar o forno a 180º.
Separar as gemas das claras. Bater as gemas com o açúcar até obter uma gemada esbranquiçada. Juntar a manteiga derretida, a raspa da laranja e a polpa dos dióspiros esmagada e bater bem. Adicionar a farinha e bater e por fim juntar as claras batidas em castelo cuidadosamente. Levar ao forno cerca de 40m verificar com um palito. Desenformar e deixar arrefecer.

Delicodoce

O resultado desta invenção foi uma agradável junção de sabores, muito próprios da estação e um bolo muito bom como podem imaginar :)
  
Delicodoce

   
Aproveito ainda para expressar, que por vezes fico quase sem palavras, quando leio as mensagens, que por aqui me deixam. Há meses, quando criei o blogue, foi com o objetivo de partilhar (por esta via) um pouco de mim, a quem me rodeia, mas nunca imaginando, que descobriria pessoas tão bonitas em valores e simpatia.
Nestes tempos que correm, em que quase tudo nos parece menos bom e cinzento, há efetivamente acontecimentos muito bons. É o caso desta interação e desta dinâmica entre receitas, experiências e palavras construídas pelas pessoas fantásticas, com que me tenho cruzado.
Obrigada pelas bonitas mensagens por aqui deixadas. Desejo-vos felicidades e que regressem sempre, pois parecendo que o  afeto é virtual, garanto-vos que os pensamentos  que vos dedico são bem reais.

Beijinho.



segunda-feira, 22 de outubro de 2012


Gosto muito de gestos de amizade, afeto e dedicação. Foi o que aconteceu hoje logo pela manhã, quando recebi da "Querida Amiga Léia" do ótimo blogue Receitas culinárias este selinho tão amoroso e fofinho. 


 
Léia és uma Querida! Muito obrigada, pela gentileza, pelo carinho e atenção. É uma satisfação saber, que a partilha tem um retorno e que se cobre de amizade e afeição.

Gostaria de distribuir este selinho por inúmeros blogues, pois gosto muito de todos os que visito. Porém a escolha de hoje recaí nestas amigas (virtuais), que de alguma forma são para mim muito especiais:

 
Márcia – Prata da Casa
Anabela – Ideias cá de Casa
Catarina – A Cozinha da Kinhas
Anabela – Erva Doce e Canela
São – Rapa Tachos
Duxa – Cozinha da Duxa
Mel – Artes da Mel

 
Caso não editem o selinho não levarei nada a mal, e caso alguém que por aqui passe, o queira levar, também terei todo o gosto. Toda esta partilha tem como objectivo a amizade, a boa disposição e a satisfação.  
Tenham uma ótima semana.

domingo, 21 de outubro de 2012

Marmelada


Por esta altura do ano, fui habituada a ver aqui por casa, prateleiras decoradas com taças de marmelada e frascos de geleia num símbolo de reserva para a próxima estação.

Essas iguarias eram feitas em grande ritual pela minha Avó e Tia-avó ocupadas por longas tardes de vagares, de conversas amistosas e gestos peculiares. Sentadas na cozinha perto da janela, a luz iluminava-lhes o rosto que fora lindo outrora, com marcas de vidas pautadas de história. Tranquilamente pelas suas mãos brancas oscilavam os frutos ásperos e pálidos num descascar vacilante, transpondo-se de cestas de vime para luzentes alguidares de barro num som de dança constante. Para um lado iam cascas e sementes, e para o outro, quartos de marmelo num empilhar desigual.

Depois de frutos banhados, cozidos e esmagados abriam-se pacotes pardos de açúcar, que eram vazados sobre o disposto, como um abafo dos céus.

Passado algum tempo, fumegavam panelas ao lume perfumando o ambiente de um aroma ácido, doce e forte, que se entranhava na casa como um aconchego ao anunciado frio da estação.

Por fim, toda a porção era distribuída pelas taças, momento alto da azáfama, pois era chegada a hora de eu poder rapar e lambuzar-me nas sobras quentes e lânguidas do doce agarrado às panelas. Ouvia alguns ralhetes e recomendações, mas o momento era sempre de prazer e brincadeira, que terminava em risos e satisfação. 


Delicodoce

Hoje quando confeciono este doce, não o faço com o mesmo apuro e rotina, mas envolvo-o nas lembranças e no sentido do aconchego do lar e da família.

Ingredientes: (Por cada kg de marmelo)
  • 1 kg de marmelo
  • 750 g de açúcar
  • ½ Limão (sumo)
  • 1 Chávena de água.

Descascar os marmelos e cortar aos quartos. Juntar o açúcar, o sumo de limão, a água e deixar macerar. Levar ao lume até começar a criar ponto. Retirar triturar tudo com a varinha, deixar arrefecer um pouco, colocar em taças, deixar secar e cobrir com papel vegetal pincelado de água-ardente.


 
Delicodoce

Hora do lanche... Vai um bocadinho? :)

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Prémio de Amizade

"Liebster Award"

 
Tenho o prazer de aqui deixar  um prémio oferecido pela Querida Joana do fantástico blogue Prazer a Cozinhar, que eu tanto gosto de seguir, pela sua qualidade, bom gosto e originalidade.

O meu muito obrigada pela sua escolha, prova de amizade e fonte de motivação.

Este prémio destina-se a blogues com menos de 200 seguidores e pretende premiar a amabilidade, gentiliza, beleza, simpatia do blogue (e blogger) bem como dar-lhe as boas vindas.
 
 
 
 
Vou então responder às questões colocadas pela Joana:

1 - Uma viagem - Chile
2 - Uma banda - Scorpions
3 - Um filme ou uma série - A Vida é Bela
4 - Um prato - Bacalhau (de 1000 maneiras)
5 - Uma cor - Amarelo
6 - Uma personalidade - (não consigo escolher só uma) Nelson Mandela, Mahatma Gandhi, Madre Teresa de Calcutá
7 - Um país - Portugal
8 - Um ingrediente: Açúcar
9 - Um ódio- Inveja
10 - Um desejo - Ter o sonho de criar uma ONG 
11 - Um restaurante -  Escorropicha Ana  (Há muitos mais)
 

Vou contar-vos 11 coisas sobre mim:
1 - Adoro a minha família!
2 - Adoro viver.
3 - Gosto muito de me dedicar às pessoas e fico feliz quando as ajudo ou faço felizes.
4 - Gosto muito de ler.
5 - Gosto de muito de viajar. Adorava percorrer com tempo a América do Sul.
6 - Detesto falsidade e invejas.
7 - Não posso com a classe política em geral.
8 - Adoro fazer um pouco de tudo: escrever, fotografar, artes manuais, cozinhar, e jardinar :)
9 -  Fico infeliz com a pobreza espiritual e material.
10 - Adoro rir, fazer rir e rir-me de mim.
11 - Adoro a natureza e sou capaz de contemplar pormenores infimos como os estames de uma flor. :)

 
Agora tenho que escolher 11 blogues com menos de 200 seguidores, fazer 11 perguntas e atribuir-lhes o prémio.

As perguntas são:
1 - O melhor momento
2 - A maior surpresa
3 - Um sonho
4 - Um livro
5 - Uma flor
6 - Um nome
7 - Uma música
8 - Um doce
9 - Um lamento
10 - Um desejo
11 - Um medo

 
Poderia escolher inumeros blogues, porém uns porque já foram escolhidos e porque a regra com menos de 200 seguidores e porque gosto muito destes, aqui fica a minha escolha:

1 - http://cozinhatricolor.blogspot.pt
2- http://frango-do-campo.blogspot.pt
11 - http://mitoborges.blogspot.pt/2012/08/piadina.html


O desejo de uma ótima noite.